6 problemas mais comuns em supermercados: do Centro de Distribuição ao depósito da loja

Criado em 24 de junho min(s) de leitura

Última atualização em: 24 de janeiro de 2023, às 2:18 pm

Você sabe quais os 6 problemas mais comuns em supermercados levando em consideração o trajeto entre o Centro de Distribuição até o depósito da loja? Essa é a etapa inicial dos desafios de quem trabalha em supermercados: manter compras, estoque, distribuição e abastecimento em dia para que clientes tenham a melhor experiência de compra. Falhar em alguma etapa do processo pode levar a prejuízos enormes em vendas. 

Por isso, neste conteúdo reunimos os 6 problemas mais comuns em supermercados que acontecem entre o Centro de Distribuição e o depósito da loja. Leia com atenção cada um dos itens para saber se a sua operação está atenta a todos os pontos que podem gerar grandes problemas no final do dia e saiba como mudar esse cenário!

E um spoiler: depois de ler a lista completa, vamos te dar uma dica de ouro para evitar problemas de execução em supermercados. Continue com a gente para saber mais!

 

6 PROBLEMAS MAIS COMUNS EM SUPERMERCADOS

Do Centro de Distribuição até o depósito

Supermercados que têm mais lojas costumam contar com CDs (Centros de Distribuição). Esses espaços recebem as mercadorias que são enviadas para as lojas de acordo com a demanda. Sem entrar no mérito de cálculos de estoque, margens de segurança, entre outros fatores, existem detalhes nessa parte do trajeto que podem representar perdas significativas em vendas. E isso muitas vezes acontece porque as lojas não realizam a conferência porque consideram o CD o remetente confiável. Por isso, vamos entender quais são os 6 primeiros problemas mais comuns em supermercados?

 

1. CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO ENVIA CAIXAS A MAIS – OU A MENOS – PARA AS LOJAS

Podem acontecer equívocos na hora de fechar ou descarregar a carga que será encaminhada para uma loja. A equipe do Centro de Distribuição pode enviar caixas a mais ou a menos do que está descrito na Nota Fiscal. Isso vai fazer com que a loja fique com estoque virtual ou negativo de determinado produto.  

2. CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO ENVIA SKUS TROCADOS

Alguns SKUS possuem caixas de embarque muito parecidas. Por causa disso pode acontecer algum erro na hora de realizar o picking (processo de separação e preparação dos pedidos). Por exemplo, uma loja pode receber um SKU sabor chocolate, quando na Nota Fiscal está o sabor morango.

3. CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO ENVIA CAIXAS DE OUTRA LOJA

No momento em que acontece uma entrega do Centro de Distribuição, pode acontecer que uma caixa que deveria ser destinada a outra loja fique no PDV errado. Isso causa um problema duplo, pois cria um estoque negativo em uma loja e um virtual em outra.  

4. CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO ENVIA SKUS FRACIONADOS

É comum o Centro de Distribuição enviar itens fracionados para as lojas. Essa ação pode fazer com que esses SKUS se percam ao longo do caminho ou no próprio depósito da loja. Se não estiverem agrupados em local adequado, pode acontecer de alguns itens ficarem perdidos,  em um espaço do depósito que repositores e promotores não conseguem enxergar no momento do abastecimento.

5. LOJA ESTÁ COM ESTOQUE VIRTUAL

Esse é um dos problemas mais conhecidos pelas pessoas que trabalham em supermercados, tanto que aparece nos itens anteriores e poderia constar em qualquer etapa da jornada. Quando o SKU está em estoque virtual, ou seja, consta no cadastro, mas não é encontrado no local onde deveria estar, o Centro de Distribuição pode deixar de enviar determinado produto para a loja, ou ainda, não mandar o volume suficiente para garantir a exposição no PDV.

6. CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO NÃO ENVIA VOLUME de SKUs SUFICIENTE PARA A LOJA

Cada rede de supermercados tem sua maneira de calcular a quantidade e a frequência que determinado SKU deve ser enviado para as lojas. No entanto, é comum que, em alguns casos, esses parâmetros não sejam suficientes para manter o PDV abastecido. Isso acontece principalmente  – mas não exclusivamente – quando há alguma ação promocional vinculada ao item.  

Nova call to action

COMO SOLUCIONAR ESSES 6 PROBLEMAS MAIS COMUNS EM SUPERMERCADOS?

Para combater os 6 problemas mais comuns em supermercados – entre o Centro de Distribuição e o depósito da loja –  que listamos acima, a tecnologia pode ser uma grande aliada para quem trabalha nas lojas.

Com recursos de inteligência artificial, como é o caso do Involves Doors, é possível identificar possíveis rupturas ou problemas na disposição dos SKUs no PDV, aumentando de 0,5% a 2% as vendas diárias dos varejistas.

A ferramenta detecta diariamente comportamentos fora do padrão em cada SKU e dispara alertas automáticos para que a equipe de reposição verifique os produtos e resolva o problema o mais rápido possível.

O Head de produtos de varejo da Involves, Otávio Senna, explica que o sistema monitora vários indicadores para fazer essa análise de comportamento e que o aprendizado da inteligência artificial acontece de forma exclusiva para cada loja e SKU, melhorando a acurácia das missões que serão enviadas para a loja no próximo dia. “O Involves Doors utiliza uma inteligência própria que garante resultados já no primeiro dia de uso”, finaliza.

Confira também:

Quer ter acesso a conteúdos exclusivos?

Inscreva-se para receber por e-mail e em primeira mão conteúdos sobre Trade Marketing e Varejo

Conheça o Involves Stage: a solução de trade marketing

Uma ferramenta completa para execução, gestão e inteligência da sua operação.

Saber mais

Inteligência artificial para o varejo com Involves Doors

Controle o abastecimento, minimize perdas e aumente o faturamento das suas lojas.

Agendar demo

Tudo sobre Varejo

Ver todos arrow_forward